sábado, 10 de outubro de 2009

4- ELIZIARIO XAVIER DE CARVALHO COTRIM
– Nasceu em 1829 e morreu em 1923. Morreu com 94 anos.

-Eliziario veio do Estado da Bahia para o Estado de São Paulo, fugindo das perseguições políticas que inclusive foram motivos do assassinato de seu irmão Leodegario.

(essas motivações têm muito a ver com as pedras de ametista, que tinham em grandes quantidades no lugar, além é claro de outras tantas quantidades de riquezas minerais inclusive URANIO.

Sendo na época muito cobiçadas por empresas estrangeiras- alemãs).
Deixando por tanto grandes quantidades de terras na cidade de caetité e migrando para o Estado de são Paulo, na região de Ribeirão Preto, na expectativa de trabalhar nas lavouras de café, trazendo seis dos oito filhos, pois um já havia falecido e outra já havia se casado.

Fixou residência no lugarejo que é hoje cidade Cássia dos Coqueiros, na época subdistrito de Cajuru.

Diz a história oral passada de pai pra filho que Eliziario exercia a profissão de Advogado quando indignado com as injustiças resolveu abandonar a profissão.
A cidade de Cássia dos Coqueiros que hoje tem por volta de três mil habitantes, tem em sua homenagem uma rua que leva o seu nome:

ELIZIARIO DE CARVALHO XAVIER COTRIM.

Eliziario que migrou de Caetité com tantas terras e veio a pé da Bahia para o Estado de São Paulo, provavelmente no finalzinho do século XIX para contribuir na formação daquele ainda povoado.

Foi lá que seus filhos formaram famílias.
Um dos filhos de Eliziario;
RODRIGO meu avô ficou muito conhecido na região, pois fazia tratamento com homeopatia, fórmulas preparadas de remédios vindos da Europa e trazidos para o Rio De Janeiro.

Sou Irineu bisneto de Elizario, neto de Rodrigo e filho de João (danda)

minha mãe Josefina é da mesma arvore genealógica.
ela é neta de Josefina a unica filha de Eliziario que havia permanecido na Bahia por já estar casada, não pode acompanhar o pai Eliziario para s.Paulo.

Detalhes o conhecimento com a homeopatia foi passada do Eliziario para o Rodrigo e depois deste para o João(danda).

2 comentários: